Da Galeria do Rock aos shoppings do Brasil: loja paulista inicia expansão

A loja Kings Sneakers, famosa entre jovens paulistanos que se inspiram no estilo de rappers, skatistas e MCs, inicia seu projeto de expansão em centros comerciais. Atualmente, cinco shoppings de São Paulo e região já receberam a marca. Até o fim do ano que vem, a meta é alcançar cidades do Paraná, Rio de Janeiro e Pernambuco.

igor-moraes_kings-sneakers_Igor Morais da Cruz, 31 anos, é o criador da marca. O empresário abriu a Kings em 2007, após empreender por anos em uma loja de vinis na Galeria do Rock. “Eu sempre gostei de colecionar tênis exclusivos de várias marcas e percebi que o acesso a estas peças era difícil, embora houvesse público. Foi então que me desfiz dos vinis, pedi um dinheiro emprestado a um amigo e abri, na antiga loja de discos, a primeira unidade da Kings”, diz Cruz.

O investimento inicial na primeira loja foi de R$ 5 mil. O dinheiro, quase em sua totalidade, foi usado para a compra de alguns tênis exclusivos da Nike. “Eu fazia compras bem ruins e inexpressivas nas marcas. O começo foi difícil. Mas fiz um trabalho de formiguinha que deu certo”, afirma.

Em 2008, a marca foi consolidada na Galeria do Rock. Nesta mesma época, Cruz abriu outras duas lojas no local. “A minha estratégia era que a Galeria se tornasse um point para os clientes da Kings”, diz. No ano seguinte, o empresário abriu outra loja no local e sua primeira unidade em um shopping foi aberta na cidade de Diadema (SP). Em 2009, a Kings também aderiu ao sistema de franquias.

Popularmente conhecida entre os frequentadores da Galeria do Rock, tradicional centro de lojas da capital paulista, a Kings Sneakers se destaca pela venda de produtos exclusivos. Ou seja, apenas linhas de produção limitada, de marcas como Nike, Vans, Pony, Timberland, New Era, Puma, Converse e Sumemo, são revendidas pela loja, que tem como carro-chefe os tênis.

Hoje, Cruz tem 70 funcionários distribuídos em sete lojas próprias, sendo cinco na Galeria do Rock, e duas em shoppings nas cidades paulistas de Diadema e Santo André, e um e-commerce. Além destas, a marca ainda possui três franquias, sendo duas em shoppings de São Paulo e uma em Guarulhos.

O franqueado que quiser participar do plano de expansão da marca terá que desembolsar R$ 400 mil. O valor já inclui capital de giro, taxa de franquia e estoque inicial. Para 2015, já estão confirmadas unidades em shoppings nas cidades de São Paulo, Londrina (PR), Recife (PE) e Rio de Janeiro.

*Artigo publicado originalmente na revista Pequenas Empresas Grandes Negócios

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s