“O gap, focar no corporativo, foi o que nos tornou referência”

Professor de inglês particular decidiu abrir uma escola de idiomas apostando no seu método dinâmico e personalizado, focando nos executivos brasileiros

Raphael Ruiz

Raphael Ruiz

 

“Desde que completei 18 anos eu já dava aulas de inglês,” conta Raphael Ruiz, que após passar uma temporada nos EUA, voltou ao Brasil e começou a dar aulas para executivos. Aprendeu a lecionar com a irmã, professora experiente no idioma, e a partir daí foi só o que fez. Com experiência nos EUA, licenciatura em Londres e aulas particulares na Espanha, quando voltou ao Brasil, só se via em um mercado, uma escola de inglês.

Como professor particular, tinha aulas agendadas de segunda a sexta-feira, das 7h às 23h. “Meu horário era full, não tinha de onde mais tirar horários de aula”, conta Raphael. O feedback  positivo dos alunos,  a boa receptividade da dinâmica de aula e o método personalizado do ensino fizeram com que o professor virasse empresário. O desafio agora era elaborar um treinamento para outros instrutores. Com a intenção de criar um método mais dinâmico para o processo de ensino, o professor criou o Instituto Mindset.

Incrédulo aos modelos de escolas de idiomas brasileiras, optou por não abrir uma franquia. “Abrir uma franquia, em faturamento, comodidade e estrutura seria melhor. Mas assumimos o desafio maior, ter um negócio com nossos próprios métodos e ideias”. Segundo ele, a cada dez pessoas que faziam aulas de inglês, uma falava o nível intermediário e as outras nove não falavam nada. E as que tinham aulas personalizadas, focadas, conseguiam ter um sucesso maior na língua.

As dificuldades de se concorrer com franquias milionárias chegaram ao abrir as portas. E permanecem até hoje. De acordo com o empresário, o mercado de idiomas foi avaliado em R$ 8 bilhões em 2013. A mídia é tomada por comerciais de escolas, do horário nobre da TV a camisas de times de futebol. “Uma formiga lutando contra gigantes. Mas esse gap, focar no corporativo, foi o que nos tornou referência no mercado nacional.”

A experiência na área de business se consolidou com a experiência em dar aulas para diretores e vice-presidentes de empresas nacionais. Com o novo negócio especializado em executivos, ocupados, sem agenda e cansados de estudar inglês, a solução foi encontrar um mecanismo para facilitar as aulas. “Nossos clientes têm um perfil de serem demanding e não terem tempo. Você tenta entregar o serviço, o cliente não tem tempo. E a culpa é minha?”. Com manobras para facilitar a vida do cliente, como reposição, imersão intensiva, grupos de executivos, business classes e aulas online, o executivo pode estudar de onde estiver, com orientação de professores, ou não.

Imagem do site

Aulas com foco em executivos

Os departamentos de recursos humanos das empresas não têm, ao certo, um controle do progresso do aluno. Muito dinheiro é investido anualmente e no final do ano fiscal elas não têm como medir a evolução do funcionário. “A Mindset chegou ao mercado com esse diferencial, ferramentas e métodos de medição do progresso. Conseguimos identificar essa falha no mercado corporate,” comenta Ruiz.

Sem nenhuma captação de recurso e sem alunos matriculados no instituto, o passo agora era pagar o primeiro aluguel.  Após três meses de trabalho, alugaram o primeiro escritório. Com o dinheiro vindo dos primeiros alunos, compraram os equipamentos e o material didático. “Nosso primeiro escritório tinha 36 m². Depois, alugamos um de 100 m². Hoje é nosso record, ou seja, em quatro anos de empresa mudamos três vezes devido ao crescimento.”

Em 2014, foi formada uma parceria com a empresa Israelense Burlington English, presente em nove países ao redor do mundo. Foi na viagem feita ao país-sede da empresa onde Raphael conheceu melhor o material que  integraria o Instituto Mindset. Inovador, o material didático divide as aulas de business em mais de 40 carreiras. “Hoje temos inglês para advogados, engenheiros, contadores, etc. E é um número crescente, pois é on demand. Se uma empresa quiser um curso de inglês para 200 funcionários de RH, nós faremos”.  O speech training é um método de aulas online, o mais avançado do mundo, com reconhecimento de voz, pronúncia, entonação, fonética em geral. “Creio que seja um dos nossos maiores diferenciais”.

Com professores formados em direito, publicidade e outras disciplinas, o empresário garante que o instituto está pronto para receber todos os tipos de executivos que necessitam aprimorar a fluência no inglês. “A chave de sucesso da Mindset é trabalho, treinamento de professores, material didático muito diferenciado e a paixão pelo ensino de idiomas.”

Anúncios

Um pensamento sobre ““O gap, focar no corporativo, foi o que nos tornou referência”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s