Simone Dal Bosco aposta em inovação no mercado de Nutrição em seu novo livro

“Personal Dieter – da Gestação ao Envelhecimento” é um guia para o profissional de Nutrição que deseja se tornar autônomo de forma inovadora e criativa.

IMG_5478

Kelly Alimah e Silmone Dal Bosco no Congresso Ganepão 2015

No mercado atual, encontrar formas de se diferenciar é essencial. Encontrar alternativas de trabalho desenvolvendo uma nova maneira de atender as pessoas em uma área da saúde já consolidada é uma forma de inovação. Essa é a sugestão da doutora em ciência da saúde Simone Dal Bosco com seu novo livro “Personal Dieter – da Gestação ao Envelhecimento”, para profissionais da área de nutrição. Lançado no Congresso Ganepão 2015 em 17 de junho e já disponível para compra, o livro funciona como um guia detalhado com todas as ferramentas necessárias para que um profissional da área de nutrição possa transformar-se em um Personal Dieter. Para a autora, o Personal Diet representa uma verdadeira oportunidade em crescimento para este mercado, já saturado em algumas áreas.

Entre as oportunidades de atuação na área, a profissional destaca a Nutrição em Saúde Pública, com enfoque nas ações preventivas; a Nutrição Esportiva, especialmente com foco no combate ao sedentarismo; a Hotelaria e a Gastronomia em restaurantes comerciais, tendo em vista a expressiva expansão do lazer e do turismo em todo o mundo; e a Gastronomia em restaurantes industriais, visando uma alimentação balanceada aos funcionários das empresas.  Na área de Nutrição Clínica, há ainda a atuação do profissional em equipes multidisciplinares de atendimento domiciliar (home care).
Outra tendência está diretamente associada ao grande potencial de consumo da parte da população brasileira que se aproxima do envelhecimento. Pode-se prever o surgimento de muitas instituições, clubes, spas e outros espaços para uso exclusivo dessa faixa etária, onde o trabalho do nutricionista será de fundamental importância.

No entanto, o nicho em expansão mais ressaltado pela nutricionista é a exploração de linhas de alimentação diet/light, que atendem a uma crescente demanda por parte de pessoas interessadas em controlar obesidade, diabetes, hipertensão e outras doenças. Dentro dessas oportunidades, o Personal Diet surge como uma nova alternativa que poderá ajudar o profissional a ter mais autonomia em sua vida profissional.

O Personal Diet consiste em um acompanhamento do profissional de nutrição mais próximo do paciente, realmente de maneira personalizada. Geralmente, o atendimento acontece na casa do cliente, onde o profissional pode avaliar hábitos alimentares da casa, sugerir estruturas completas de refeições, treinar cozinheiras a partir das preferências e condições etc. “Essa possibilidade do personal diet faz com que os nutricionistas possam trabalhar com a dieta e a terapia, desde toda a questão que envolve a vigilância alimentar até a questão que envolve uma motivação maior para os pacientes, graças à possibilidade de ter o atendimento de um nutricionista em sua residência”. Em seu livro, Simone reforça a necessidade do trabalho do personal dieter ser encarado como um empreendimento que precisa ser administrado.

O planejamento do tipo de atendimento que será oferecido é essencial, além da avaliação das possibilidades criativas para esse tipo de serviço e, principalmente, o conhecimento do mercado e do público a ser atingido. “O profissional pode ser autônomo, pode usar sua criatividade e ter muitos pacientes fazendo parcerias com academias, clubes e médicos que possam ser potenciais parceiros para indicação. Então hoje tem um potencial muito grande, o Personal Dieter pode se sustentar e ter uma renda muito maior do que sendo um empregado”.

Simone ainda demonstra como o personal diet pode incentivar as pessoas a buscarem mais os nutricionistas para o acompanhamento de dietas, exatamente por tornar o processo muito mais pessoal. “Hoje o personal diet vem como uma alternativa de auxílio ao nutricionista. Tem a relação ‘profissional x paciente’ que é fundamental, o nutricionista cuida bem de perto da pessoa e ali vai crescer confiança”. Outro ponto importante levantado pela nutricionista é a questão da saúde. Segundo suas percepções, atualmente,os clientes não estão mais só em busca do emagrecimento, mas também do bem-estar e do cuidado com o corpo. “Esse processo tem toda uma praticidade. Esse profissional auxiliará nos cardápios, na elaboração, no treinamento de uma cozinheira para deixar os alimentos congelados, ao invés de comprarem produtos industrializados. A gente já vê aí os adoçantes como precursores do diabetes e da obesidade, já que esses alimentos costumam ter muita gordura, gordura trans e açúcares”.

Observando essa oportunidade de mercado, Simone compilou em seu livro um verdadeiro guia para o profissional de nutrição que deseja se tornar um Personal Dieter. Desde visões gerais de mercado, estratégias de marketing pessoal e quanto cobrar pelo serviço até informações específicas para Personal Dieter na gestação, na adolescência, no adulto e em casos particulares como obesidade, hipertensão, osteoporose, entre outros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s