Condomínio Adisa Birigui superou nossa expectativa de venda, afirma José Roberto Colnaghi, da AsperbrasA Abitte Empreendimentos e Urbanismo, do Grupo Asperbras, acaba de lançar o condomínio fechado Adisa Birigui, no Noroeste paulista, com 200 lotes em sua primeira fase.  — O condomínio Adisa Birigui superou nossas expectativa de vendas,  disse José Roberto Colnaghi, da Asperbras, entusiasmado com as vendas efetuadas.  “Chegou o momento da retomada do crescimento do setor imobiliário, aposta.

“Vamos em frente. Tudo aponta para uma significativa melhoria na economia no próximo ano”, pontuou Colnaghi, que é CEO do conglomerado. Ele destaca que o reaquecimento do setor incentivou o Grupo Asperbras a concentrar esforços nessa área, onde atua desde os anos 1990, por meio da construção de shoppings centers, condomínios  comerciais e residenciais, além de loteamentos de médio e alto padrão.

A Abitte, mais nova empresa do grupo, chegou ao mercado justamente com o lançamento do Adisa Birigui, no último dia 8 de dezembro. A primeira fase do empreendimento oferece 200 lotes e outros 264 serão comercializados na segunda fase, a partir de 2019.

Ainda sob o nome anterior, Asperbras Empreendimentos Imobiliários, a empresa havia adiado suas iniciativas no período de baixa do mercado. Nos últimos três anos, buscou a aprovação de seu banco de terrenos, de cerca de 2.500 lotes.  Para 2019, além da segunda fase em Birigui, deverão ocorrer lançamentos em Araçatuba (SP) e Dourados (MS), regiões onde a empresa concentra seu foco de atuação. A Abitte possui um banco de terrenos de aproximadamente 2.500 lotes, distribuídos no interior paulista, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Atualmente, a empresa prospecta novas áreas nas regiões de Campinas e Presidente Prudente.

A companhia oferece ao mercado três grifes: Felisa (para loteamentos populares e pessoas de baixa renda, voltados para cidades médias e pequenas, com plano de pagamento financiado pela própria empresa); Adisa (para condomínios fechados e público de classe média, que procuram fazer um upgrade na qualidade de moradia, buscando mais segurança e qualidade de vida) e Aleia (condomínios de alto luxo, com clubes, segurança, lazer, focado nas classes A e B). O financiamento das unidades é feito pela própria empresa em até 180 meses.