15114250Pedro Ricardo Paulino, engenheiro mecatrônico, inventou um chuveiro capaz de funcionar por tempo infinito com apenas dez litros de água. Trata-se de um sistema que recicla e higieniza a água antes de devolvê-la para o chuveiro.

O segredo é a instalação de um sistema de filtragem em alta velocidade que consegue reabastecer o chuveiro. Ao escorrer pelo ralo, a água suja passa por dois filtros. Após esse processo, ela é pressurizada por uma bomba até chegar a outros dois filtros. O líquido é enviado a um pequeno reservatório, onde é desinfetado e esterilizado por raios ultravioleta e ozônio.

Cada kit custa entre R$ 300 a R$ 400 e tem durabilidade de até 400 banhos. O chuveiro completo será vendido por R$ 8.000, e terá a versão mais moderna com luzes de LED e acabamento em inox e policarbonato que custará R$ 25.000.  A utilização de energia do chuveiro é 70% menor que os tradicionais.

O engenheiro não recomenda que mais de uma pessoa utilize a mesma água para tomar banho e que não seja ingerida, mesmo que na primeira filtragem. Após o banho, a água é descartada no reservatório do vaso sanitário, sendo reaproveitada mais uma vez.