A École 42 – escola francesa de programação – abrirá em agosto sua primeira unidade em São Paulo. Com um método inovador, o ambiente não tem professores, horários físicos e, o melhor, é de graça. A escola foi criada em 2013, em Paris, pelo francês Xavier Niel, que doou 50 milhões de euros para o projeto. A quantia doada pelo bilionário garantiu a construção e a manutenção da escola por 10 anos, sem a necessidade de cobrança de matrícula e mensalidade. Após o período, a expectativa é que a escola permaneça continue sua programação com a ajuda de empresas e investidores que façam doações para a entidade. A unidade de São Paulo, que fica na Vila Madalena, contará com o financiamento de empresas family offices – grupo de investimentos administrados por alguma família. O aluno, no entanto, não precisará desembolsar nenhum valor para poder estuar.

Metodologia

Segundo o site da École 42, a escola não tem turmas e nem professores. “Você será responsável pelo seu sucesso e de seus colegas”, afirma o conteúdo disponível na página. Para progredir nos projetos, o aluno deverá confiar na força de seu grupo. Ao dar e receber informações e alternar entre treinamento e aprendizado, o estudante automaticamente se adapta e progride rapidamente. “Programação é como qualquer outro trabalho: você só aprende fazendo. Ao invés de aprender teorias que podem não ser aplicadas na vida real, você tem desafios de programação cada vez mais difíceis de resolver individualmente ou em equipes”, afirma o site. Para a École 42 esse método faz com que o aluno aprenda a aprender.  Essa proposta de ensino foi em grande parte derivada da experiência da maior escola particular de informática na França, a Epitech, fundada em 1999 por Nicolas Sadirac, onde os estudantes ensinam uns aos outros.

Horário flexível

Diferentemente das outras escolas, a École 42 não define uma grade definida com horários a serem cumpridos. Todos os alunos terão metas bem definidas e projetos com prazos para serem concluídos. Cabe a cada um a decisão de quanto tempo vai dedicar por dia, mês e ano. Esse método exige que o aluno tenha, além de vontade de aprender, disciplina para cumprir todas as atividades estipuladas durante o curso. No total, a programação de três anos, quanto mais tempo o aluno permanece na escola, mais conhecimento ele adquire.

Inscrição

As inscrições ainda não foram liberadas pelo site da École 42, mas os interessados podem cadastrar um e-mail para receber notificações sobre o processo seletivo. Basta acessar o site da escola.