Alimentador Inteligente para Pets é comercializado no Brasil

Produto permite que o usuário alimente e acompanhe seu animal de estimação à distância

Chega ao Brasil o alimentador inteligente para pets, que permite alimentar e acompanhar o dia-a-dia dos animais à distância. Com o nome ‘Alimentador Eletrônico Hoison Babá Robô para Pet’, o produto está disponível para vendas na loja virtual Petlove e custa R$ 1.350,00.

O aparelho é conectado a internet e possui aplicativo para IOS e Android.  Por meio do SmartPhone, o dono consegue programar os horários para alimentar o seu cão e ou gato, ou pode fazer a alimentação em tempo real.

O dispositivo também gera relatórios sobre a alimentação do animal, que podem ser armazenados na nuvem do app. O alimentador eletrônico tem capacidade de armazenamento para 2kg de ração e um sensor inteligente que avisa quando está na hora de comprar mais comida. Além disso, possui uma câmera em HD para que o dono acompanhe seu bichinho de estimação enquanto estiver ausente.

O ‘Alimentador Eletrônico Hoison Babá Robô para Pet deve ficar ligado à tomada, e ,em caso de falta de luz, o suporte de energia de emergência, que funciona através de pilhas, será ativado e manterá as funções básicas e pré-programadas funcionando por até 24h.

 

 

 

Sucesso dos anos 80, o brinquedo Pense Bem voltará às lojas

Com 10 jogos e um livro de atividades, o produto custará R$ 300,00

 

A Tectoy anunciou nesta terça-feira, 15,que voltará a comercializar o Pense Bem, brinquedo de grande sucesso dos anos 80.  O produto será relançado em comemoração as mais de duas décadas de  lançamento do próprio aparelho e 30 anos da empresa.

De acordo com a companhia brasileira, o dispositivo manterá sua principal característica que é ser um brinquedo educativo e lúdico. O novo modelo foi concebido com referências no design do primeiro protótipo e serão produzidos na fábrica localizada em Manaus (AM).

O Pense Bem terá dez jogos compostos por desafios musicais e matemáticos e um livro de atividades programadas com 150 questões de temas variados, além de um teclado musical com a função de pausa e mais nove notas musicais.

As pré-vendas acontecem através do site da empresa. O consumidor poderá realizar uma reserva por R$ 270,00. O brinquedo chegará às lojas em Setembro deste ano, e será vendido por R$ 300,00.

 

Parceria aposta em drones para projeto de revitalização

Com o uso da tecnologia, empresa Biocarbon Engineering e a ONG Wordview International Foundation (WIF) querem plantar um milhão de sementes em região de Myanmar

Uma parceria entre a empresa Biocarbon Engineering e a ONG Wordview International Foundation (WIF), com o uso da tecnologia, promete revolucionar projetos de sustentabilidade e revitalização ao redor do mundo. E tudo acontece pela utilização de drones especializados, com a capacidade de plantar até 100 mil árvores por dia.
O equipamento tem como objetivo acelerar o projeto de revitalização, que, em sua fase inicial, será utilizado na vegetação das margens de um rio em Myanmar, antiga Birmânia, por conta do desmatamento em função das plantações de arroz e das criações comerciais de camarão, além de afetar o manguezal que servia de habitat para os peixes.
O investimento da WIF na região ocorre há cinco anos, mas a parceria com a empresa de drone promete aperfeiçoar toda a operação, em gastos e tempo, e oferece opções que vão desde o tratamento das árvores plantadas, passando pelas áreas mais adequadas para o plantio, que tem como meta um bilhão de árvores na região.
A funcionalidade é simples: com os drones carregando cápsulas feitas de material biodegradável, que aumenta as chances de germinação, e disparando essas cápsulas em velocidade ao solo, facilitando a fixação no terreno. A comunidade local também pode contribuir, juntando sementes e inserindo-as nas cápsulas que serão disparadas pelo drone.
Uma das fundadoras da empresa, Irina Fedorenko, em entrevista ao site Fast Company, revelou que o método é mais eficiente do que o uso de aeronaves. “Se você fizer a disseminação aérea (…) elas [as sementes] podem cair em uma pedra, podem cair num brejo, e então elas não vão sobreviver. Mas nós conseguimos controlar esses fatores”, explica.
A WIF também deseja intercalar o processo – com pequenas plantações de arroz ou trigo, gerando incentivo para que espaço na região seja conservado-, que em seu encerramento terá todos os dados coletados pelos drones e pelos envolvidos no projeto, determinando, assim, a eficiência das sementes e oferecendo estimativas para o futuro.

 

 

 

 

Leroy Merlin apresenta e patrocina a 1ª mostra “Que Loucura é Essa?” em São Paulo

Por acreditar que o planeta é a nossa casa, rede patrocina mostra da ONG Papel de Gente

 

Com objetivo de promover a sustentabilidade, a saúde emocional e o bem viver nos centro urbanos, a Leroy Merlin patrocina a “1ª Mostra Que Loucura é Essa?”, que acontece de 16 a 31 de agosto, das 10 às 20 horas, no Conjunto Nacional, localizado na Avenida Paulista, 2073, concebida pela ONG Papel de Gente.
A exposição, que tem curadoria Eliana Tiezzi, psicóloga e psicanalista responsável pela ONG, e tem como objetivo principal estabelecer um novo status para a saúde emocional, informar a sociedade sobre a importância dela assim como outras doenças físicas e alimentares tem importância para sociedade.

“Para nós, da Leroy Merlin, é muito importante apoiar iniciativas como as do Papel de Gente. A sustentabilidade faz parte do nosso DNA. A Mostra ‘Que Loucura é Essa?’ tem como objetivo resgatar uma vida melhor entre as pessoas e a Leroy Merlin apoia a causa e entende que é possível uma forma mais saudável de convivência em sociedade. Afinal de contas, cuidamos de pessoas e da melhoria dos seus lares. E o planeta é a nossa casa, precisamos cuidar dele”, diz François Gabert, líder de sustentabilidade da rede.

Além das instalações descritas abaixo, a Mostra Que loucura é essa? conta com uma programação fixa, com quase 50 atividades tendo como eixo central a saúde emocional e seus correlatos a sustentabilidade e à cidade, divididas entre Conversas de Quintal, Terapias Públicas e Mostra de Cine Debate em parceria com a Vermelho Filmes e Produção.

Uma Campanha de Causa – foi criada para atingir o maior número de pessoas e alertar sobre o crescimento contínuo dos diagnósticos de depressão e/ou ansiedade no Brasil e conta com apoio de artistas de peso como Regina Duarte, Nicole Puzzi, Rodrigo Lopez, Blubell, Claudia Shapira, Haroldo Arruda, Maria Alcina, Virginia Rosa, Zé Geraldo, entre outros para conscientização de que a saúde emocional se torne um elemento importante e cotidiano na vida das pessoas e da cidade. Os depoimentos captados serão replicados em uma das intervenções artísticas.
Que Loucura é Essa? tem concepção arquitetônica assinada por Martin Corullon do Metro Arquitetos, criação e conceito das intervenções artísticas da artista plástica Sonia Costa e Marcella Arruda, identidade visual de Maristela Colucci, Campanha de Marketing da Agência Amais7 e curadoria e idealização de Eliana Tiezzi.

Instalações
Túnel/Passagem: Contará com 20 monitores transmitindo vídeos de diversas pessoas entre comuns e celebridades que emprestaram suas imagens a Campanha de Causa da Mostra, por meio da resposta de duas questões: ‘Que loucura é essa?’ e ‘Qual é o Papel da Gente?’. O objetivo dessa obra iniciar uma tomada de reflexão a respeito da qualidade de nossas escolhas “versus” a qualidade dos resultados em nossa volta. O Túnel conta ainda com cabines onde os visitantes poderão expressar suas próprias respostas que serão transmitidas nos monitores ou nas redes sociais, criando um ambiente de relacionamento ao longo da exposição e posteriormente ao seu término.

Labirinto/Interação: vai promover um encontro do visitante consigo mesmo, por meio de um labirinto de portas e as surpresas por trás de cada uma. E a cada porta aberta será a oportunidade de olhar para dentro e encontrar perguntas ou respostas que não haviam sido identificadas em certos momentos de suas vidas. Convida o público a quebrar o ritmo alucinado do seu dia a dia, buscar uma pausa e vivenciar um mergulho em si mesmo, ouvir o que diz seu corpo e suas emoções.

Redes/Contemplação: vai despertar a criança interior de cada um, Será um espaço composto por redes de dormir, um convite ao descanso, sono, encontro e relaxamento, onde a mente experimenta uma pausa e vive o relaxamento necessário para a saúde emocional.

Arena/Escuta: construída com fragmentos de diversas árvores e um sistema interior de áudio com testemunhos diversos, essa instalação representa o ser humano e suas conexões e relações com o mundo.. Diz uma lenda que Baobá é uma árvore que conta aos povos, às histórias da terra e de nossos ancestrais,. por isso, quem se senta ao pé dessa árvore colhe como frutos, histórias de vidas, relatos reais que são compartilhados de forma intimista com o público, propondo uma brincadeira com o lugar da escuta psicanalítica a Árvore do Caminho, sugere uma interação da escuta do outro e da escuta de si mesmo, que aponta caminhos. Com espaço acolhedor composto de puffs, a obra pretende ser estendida aos domingos para Avenida Paulista.

Serviço da exposição:
Mostra Que Loucura é Essa?
Visitação: de 16/8 a 31/08, no Conjunto Nacional, na Av. Paulista, 2073, São Paulo. Horário: segunda a sábado, das 7h às 22h; domingo e feriados, das 10h às 22h. Grátis. Telefone para informações: (11) 3457-9058

Sobre a Leroy Merlin:
A Leroy Merlin chegou ao Brasil em 1998 trazendo um novo conceito para o mercado de Material de Construção. Com foco na qualidade de produtos, atendimento e serviços, a empresa oferece em suas lojas ambientes espaçosos e agradáveis para receber melhor seus Clientes.

Considerada multiespecialista do lar, por ser especializada em Construção, Acabamento, Bricolagem, Decoração e Jardinagem, a Leroy Merlin apresenta aos seus Clientes a maior variedade de produtos em 80 mil itens divididos em 15 setores: Materiais de Construção, Madeiras, Elétrica, Ferramentas, Tapetes, Cerâmica, Sanitários, Encanamentos, Jardinagem, Ferragens, Organização, Pintura, Decoração, Iluminação e Cozinhas. As lojas oferecem serviços diferenciados, como Fábrica de Cores, Troca de Mercadorias, Espaço Projeto, Corte de Madeira e Vidro, Cursos de Bricolagem, Entrega em domicílio, Estacionamento, Café, Fraldário, Molduraria, Mesa de Bricolagem, Coleta Seletiva, Drive-Thru, entre outros.

Hoje, a rede francesa a possui 41 lojas distribuídas em onze estados brasileiros, mais o Distrito Federal e uma Loja Virtual que atende todos os estados do país. Entre as unidades, a Leroy Merlin Niterói (RJ) foi a primeira loja de Varejo Certificada do Brasil por meio do processo de construção sustentável e Uso e Operação sendo assim a primeira loja 100% AQUA – Alta Qualidade Ambiental, construída e mantida sob os mais rigorosos padrões de economia de recursos naturais. Hoje, a rede possui treze lojas 100% AQUA, Jacarepaguá (RJ), Taguatinga (DF), Campinas Anhanguera (SP), Sorocaba (SP), Serviços Internos (SP), São Bernardo do Campo (SP), Jaguaré (SP), São Leopoldo (RS), Londrina (PR), Curitiba Atuba (PR), São José (SC), Fortaleza (CE) e Maceió (AL), somando um total de 34 certificados, destacando a Leroy Merlin como a empresa com maior número de certificação AQUA/HQE no mundo na categoria varejo.

A Leroy Merlin é líder, pelo sétimo ano consecutivo, no setor de Varejo da Construção Civil, conforme o Ranking Nacional das Lojas de Material de Construção realizado, anualmente, pela equipe de Redação da Grau 10 Editora, que edita a Revista Anamaco. A empresa foi eleita entre as três mais sustentáveis pelo “Prêmio Os Mais Importantes do Varejo”, realizado pela Revista Novarejo nos anos de 2012, 2013 e 2014, e sua sede está entre os 10 prédios mais sustentáveis pelo site Exame. Ainda em 2013, 2014, 2015 e 2016, a Leroy Merlin foi premiada entre as 50 melhores empresas para se trabalhar no país, de acordo com a pesquisa anual divulgada pelo Great Place to Work® Brasil em parceria com a Revista Época e 1º lugar do segmento Varejo de Material de Construção, no Ranking da pesquisa “As empresas mais admiradas no Brasil” nos anos de 2010, 2011, 2012, 2013 e 2015, realizado pela Revista Carta Capital.

Sobre a ONG Papel de Gente:

Criada em 1994 pela psicóloga Eliana Tiezzi, a ONG Papel de Gente tem como filosofia validar e compreender o transtorno como uma forma particular de ver o mundo, com a proposta de validar o que há de dom nos participantes, necessidades, potencialidades e projetos pessoais, para que com isso possa tecer “pontes e oportunidades” entre suas singularidades e as solicitações da sociedade da qual faz parte.

A orientação da ONG não envolve a visão convencional de tratamento, mas sim fazer a interface entre o ambiente clínico convencional e a sociedade, por meio de um programa de capacitação a empregabilidade, geração de renda e desenvolvimento de projeto pessoal, além de conscientização ambiental.

Única ONG no Brasil que há 22 anos promove um trabalho terapêutico e socioambiental com ótimos resultados, a Papel de Gente dedica-se especificamente para portadores de psicoses e neuroses graves. Os transtornos mentais afetam mais de 800 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Um relatório da mesma OMS, apresentado em 2016, define que entre 1990 e 2013, o número de pessoas que foram diagnosticadas com depressão e/ou ansiedade aumentou em quase 50%, de 416 milhões para 615 milhões. Cerca de 10% da população mundial é afetada, e os transtornos mentais respondem por 30% da carga global de doenças não fatais.

Desde sua fundação, a estratégia terapêutica e socioambiental desenvolvida pela Papel de Gente é capacitar esse usuário por meio da produção de brindes e presentes sustentáveis para o mercado corporativo, além do segmento de prestação de serviços em Saúde Emocional Corporativa (SEC) e cultura da sustentabilidade. Tudo começou com a reciclagem artesanal de papel e atualmente trabalham com todas as matérias primas alinhada para redução de impacto ambiental.

A ONG luta pelo empoderamento desses usuários dos serviços de saúde mental, treinando e oferecendo emprego nas oficinas de produção dos brindes e presentes, na lojinha que também vendem esses produtos, além das feiras que participam. Durante esses 22 anos, a Papel de Gente realizou mais de 10 mil atendimentos, mas sua meta é a realização de 250 atendidos/mês, num total de 11 mil atendimentos/ano.

A ONG conta com uma cartela de 60 produtos produzidos em qualquer escala, com selo de garantia da procedência das matérias primas envolvidas. Também desenvolvem peças personalizadas com aplicação de logótipo, manuseio e todo necessário para agregar valor à imagem da empresa. Faz parte do portfólio da Papel de Gente, corporações como Honda, Coca Cola, Natura, Leroy Merlin, Alpargatas, Serasa Experian, entre outras.

Eliana e sua equipe foram pioneiros em algumas pesquisas, dentre elas a parceria com locais de atendimento referência para não internação de pacientes em surto, o que possibilitou o restabelecimento dessas pessoas em espaço de tempo bem mais curto que nos tratamentos convencionais; também testaram junto com a psiquiatria modelo, cessar com toda a medicação do paciente esquizofrênico de maneira que as reavaliações e os ajustes dos remédios fossem feitos da melhor forma possível, de acordo com a real necessidade e com isso, possibilitando a melhoria da qualidade de vida do paciente. Todos são encaminhados pelos serviços de saúde mental de São Paulo e cidades como, além CAPS, ambulatórios, Santa Casa, Paulista de Medicina e Hospital das Clínicas.

Reconhecidos por sua importância social, a ONG é membro da Rede Folha de Empreendedores Socioambientais, integrante da Aliança de ONGs para América Latina, 2010, além de ser finalista do prêmio Planeta Sustentável da Revista Casa Claudia, 2012; finalista do Desafio Inovação para a Saúde – Changemakers e Ashoka, 2012; vencedora na 13° edição do prêmio Betinho pela Cidadania, 2010; entre outros.

Iphone lança, até o fim de 2017, novos emojis

 Os novos desenhos trazem aos usuários imagens que vão desde dinossauros a zumbis

 

Os emojis são super fofos! Quem não gosta, não é mesmo? A maioria das pessoas adora responder mensagens com essas figuras

engraçadas e que fazem toda diferença nas conversas por aplicativos e ou em redes sociais. Pensando nisso, a empresa Unicode Consortium desenvolveu novos emojis para os usuários de iPhone e iPad (iOS), que fazem parte da versão 5.0.

De acordo com fabricante, os desenhos estarão disponíveis nos aplicativos da plataforma e no teclado virtual no final de 2017, mas sem data definida para smartphones da Apple. Na somatória geral, serão mais de 230 novas figuras, entre eles: smiles com expressões diferentes, gênios, zumbis, dinossauros e até sanduíches. E os emojis de pessoas ganharam outras variações no tom de pele.

As figuras representarão o que os usuários estão sentindo, como, por exemplo, os smiles amarelos, que terão a cabeça explodindo, olhos esbugalhados e com estrela e até mesmo vomitando. Para as faces, a novidade traz uma mulher com lenço na cabeça, amamentando, e homens com barba. A prática de exercícios também foi inclusa, com a meditação. E aí, ansioso? Agora é só esperar as novas carinhas e se divertir com os amigos.

Kiddle, o serviço de busca para crianças

Com o visual divertido e colorido, o recurso bloqueia conteúdos inadequados para menores de idade.

 

Já pensou em não se preocupar mais com o que as crianças acessam enquanto estão na internet? Pois é, através da ferramenta Kiddle, conhecida como o ‘Google das crianças’, isto é possível. O serviço mantém o controle dos sites acessados e bloqueia conteúdo que contém nudez, drogas e violência.

Com o visual divertido e desenvolvido para mostrar conteúdos adequados às crianças, a ferramenta permite encontrar imagens, noticias e vídeos, por meio do mesmo sistema de buscas do Google, porém não é um serviço vinculado da multinacional. O acesso pode ser feito pelo navegador do computador ou pelo celular, no site http://www.kiddle.co. A versão está disponível somente em inglês, mas com a sua interface amigável e colorida facilita a interatividade com a criançada.

O bloqueio do conteúdo inapropriado é feito automaticamente pelo site. Assim que os pequenos fazem a busca, é exibido um alerta indicado como ‘bad words’, que em português significa palavras ruins. O acesso é gratuito e o serviço já está disponível no Brasil.

Drone será usado para proteger Donald Trump

Dispositivo utilizado em momento de lazer servirá como teste para futuras ações

A agência responsável pela segurança do presidente americano, Donald Trump, resolveu inovar nas técnicas utilizadas para protegê-lo durante uma visita prolongada que ele fará em agosto ao Trump National Golf Club, em Bedminster – Nova Jersey: eles utilizarão um drone para monitorar a área.
O Serviço Secreto não disponibilizou informações sobre o modelo do aparelho a ser utilizado, mas informou que a medida também servirá como um teste para determinar o potencial do uso desses veículos em ações de segurança. A ideia é incorporar diversos tipos de drones e sistemas interligados aos seus esforços aéreos de vigilância, que, através de câmeras eletro-ópticas e infravermelhos, ajudarão a registrar qualquer possível ameaça.
Os demais visitantes do campo de golfe serão advertidos sobre a presença da aeronave, entretanto, a supervisão de residências particulares que poderão estar ao alcance das câmeras pode acarretar em violações não intencionais de privacidade.

Agora é possível andar de helicóptero pelo Cabify

Disponíveis apenas em São Paulo, os voos estão 80% abaixo da tabela tradicional

Em junho de 2016, o aplicativo de transporte Uber lançou o Ubercopter, em que os clientes poderiam realizar os trajetos desejados na Grande São Paulo de helicóptero, com preços abaixo da tabela. Os testes duraram um mês e foram descontinuados. Agora, seu concorrente Cabify resolveu apostar nessa mesma estratégia e lançar o Cabifly, que funciona praticamente do mesmo jeito.
Basta o cliente acessar o aplicativo e selecionar a nova opção, reservando o voo com antecedência de uma semana a 60 minutos. Na hora marcada, um carro buscará o passageiro no endereço em que ele estiver e o levará até o heliponto credenciado mais próximo. Então, um helicóptero da Voom, que faz parte do setor de inovação do Airbus e é parceira da plataforma no novo empreendimento, se encarrega de finalizar a viagem.
Por enquanto, o Cabifly funciona de segunda a sábado, entre 7h e 20h, e só está disponível para a capital de São Paulo. Porém, os idealizadores pretendem expandir o projeto para toda a América Latina. A faixa de preço prometida é 80% abaixo do táxi aéreo convencional, mas o valor ainda pode ser considerado elevado. Uma viagem de 15 minutos da Avenida Faria Lima ao Aeroporto de Guarulhos sairia por 478 reais para apenas um passageiro.
Para estimular os clientes a testar essa nova opção, o Cabify oferece 150 reais de desconto no custo total da viagem durante as duas próximas semanas.

Sarahah, novo aplicativo, lidera downloads no Brasil

A proposta é enviar e receber elogios e críticas construtivas anonimamente

O aplicativo Sarahah ganhou grande visibilidade no mundo inteiro na última semana, alcançando boas posições no ranking global de downloads. Os brasileiros não ficaram para trás e já colocaram o aplicativo no topo da lista de mais baixados em aparelhos IOS, desbancando gigantes como o Whatsapp, Instagram e o Spotify.
A ideia do app, de origem árabe, está expressa no próprio nome, Sarahah, que significa franqueza. É uma espécie de rede social em que o usuário cria sua página e a divulga em seus outros perfis pela internet, convidando seus conhecidos a enviar feedback e críticas construtivas anonimamente. As mensagens recebidas nunca revelam a identidade do autor e não podem ser respondidas.
Zain al-Abidin Tawfiq, criador do aplicativo, diz que a plataforma foi idealizada inicialmente para ser utilizada em ambientes corporativos, para que as pessoas pudessem dar suas opiniões sem medo de sofrer represálias. Entretanto, o Sarahah viralizou principalmente entre o público jovem, que se aproveita das funções disponíveis para enviar elogios e cantadas numa espécie de correio elegante eletrônico.

 

Pesquisadora cria adesivo que denuncia agressões sexuais

 

Aparelho envia alerta via bluetooth em caso de ato indesejado

A violência sexual contra a mulher ainda é recorrente no mundo todo. Pensando nisso, a pesquisadora do Instituto de Tecnologia de Massachusetts – MIT, Manisha Mohan, desenvolveu um aplicativo que reage diante de atos indesejados praticados por homens.

O aparelho funciona por meio de uma espécie de chip, sensível ao toque, que pode ser grudado em peças de roupas. Ligado ao celular dos usuários por Bluetooth, o dispositivo envia uma mensagem assim que o contato ocorre, questionando se foi desejado ou não, e emite um alerta em caso de resposta negativa ou se for ignorado.

Além disso, o aparelho, que liga para até cinco contatos escolhidos e grava o que está acontecendo, pode ser ativado por um botão de emergência pela própria usuária, e tem uma interface com aplicativos de geolocalização, que indicam onde a vítima se encontra.

Segundo Mohan, o aparelho foi usado e aprovado por mais de 70 mulheres, que afirmaram não ser incômodo, além de de se mostrar resistente a máquinas de lavar.