A startup curitibana PROH com apenas R$ 50 mil reais de investimento criou um aplicativo que está transformando a vida de profissionais de diversas áreas. Por meio dele é possível bloquear o contato fora do horário e impor limites sobre as demandas de trabalho. O aplicativo é uma interface entre os profissionais e os clientes, tornando o contato exclusivo pela plataforma e com ativação via Tecnologia NFC (Near Field Communication).

Inovação

A tecnologia NFC é utilizada por meio de um cartão que funciona por aproximação. O profissional faz o cadastro no PROH e ganha um cartão NFC que ao ser escaneado pelo cliente é ativado. Com a ativação o cliente pode enviar ao profissional suas dúvidas e tem um prazo de até três horas para receber a resposta.

Expectativa

Criado pelos empreendedores Bruna Cavalli Reis, Pietro Maués e Lucas Mengarda, o PROH já está em negociação com grandes empresas do segmento de saúde e a projeção é finalizar o semestre com mais de 50 mil usuários cadastrados e mais de 10 mil profissionais.  Com o aplicativo, o usuário não tem mais acesso ao profissional por outro meio que não seja a ferramenta.

Cadastro

O cadastro na plataforma é gratuito, não há taxa de mensalidade e o serviço é cobrado pelo uso, debitado no cartão de crédito. Somente no primeiro mês de ativação do PROH a média é de que cada profissional cadastrado na plataforma recebeu R$ 500 pelas interações. “Através do app o profissional oficializa o contato e fideliza os clientes, além de poder cobrar pelos atendimentos prestados. Para os clientes, geramos economia, comodidade e satisfação”, explica Pietro Maués.

O PROH está disponível em todo o Brasil, com download gratuito da plataforma pela Apple Store ou Google Play.