Autor: InteligenciaInovacao

Adolescente cria sutiã que detecta câncer de mama

O projeto está em desenvolvimento para facilitar o diagnóstico da doença Formado pelo desenvolvimento de células de maneira desordenada, o que acaba criando nódulos na mama, o câncer de mama é o mais comum nas mulheres brasileiras, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer. Considerada a “doença mais temida”, esse mal é o que mais causa mortes entre mulheres, além de distorcer a percepção da sexualidade e imagem pessoal. Foi por conta dessa doença que Julián Ríos Cantú, um jovem estudante do México, quase perdeu sua mãe há cinco anos. Após um diagnóstico tardio do câncer, o tumor encontrado no seio da mãe do estudante cresceu rapidamente. Ela sobreviveu, porém, a enfermidade deixou seu corpo extremamente debilitado. Ao ver o estado da mãe, Julián desenvolveu um projeto inovador, que promete auxiliar no diagnóstico da doença: um sutiã que pode detectar câncer de mama. Como funciona? O sutiã EVA de auto-exploração utiliza sensores dentro do forro que coleta e...

Leia Mais

Alemanha lança primeira ciclovia autolimpante

A primeira rota solar do país ainda gera energia e absorve ruídos A Alemanha deu mais um passo em direção à sustentabilidade: no final de 2018, o país inaugurou sua primeira “rota solar”, uma ciclovia autolimpante, capaz de gerar energia e absorver ruídos. A inauguração aconteceu no bairro de Liblar, em Erftstadt, cidade que fica a cerca de 30 km de Colônia. Em busca de soluções sustentáveis, o engenheiro Donald Müller-Judex – inventor do tapete solar e fundador da start up Solmove – utilizou a ciclovia já existente na cidade para o projeto. “Esta é uma ciclovia de 35 anos, com desníveis e raízes de árvores”, conta o engenheiro. “Nós a cobrimos do jeito que estava, colando células fotovoltaicas sobre ela.” Pastilhas Solares O projeto consiste de milhares de pastilhas solares feitas de vidro laminado nodoso, que formam um tipo de tapete sobre o asfalto. Cada uma das pastilhas, de 10 por 10 centímetros, é uma célula solar, interligada eletricamente e...

Leia Mais

Google Maps agora tem hashtags para resenhas

Recurso ajuda na busca e recomendações de usuários O Google Maps lançou discretamente um novo recurso destinado a ajudar os usuários a descobrir lugares que outros recomendaram: agora ele suporta hashtags em resenhas. Por exemplo, se você está citando um restaurante que é um bom ponto de encontro para namorar basta adicionar a hashtag apropriada #romantico ou #pegacao. Ou se a lugar for para famílias #familyfriendly ou #petfrendly se aceita animais de estimação. O Google sugere que os usuários adicionem até cinco hashtags por lugar e os coloquem no final do texto para facilitar a leitura. A empresa confirmou ao site internacional de tecnologia TechCrunch o suporte para hashtags lançadas globalmente há pouco mais de uma semana em dispositivos Android. Até agora, ele havia sido anunciado apenas para membros do programa Local Guides do Google Maps,  o programa que recompensa seus membros por compartilharem seus comentários, fotos e conhecimento sobre empresas e outros lugares que visitam. Guias foram informados de que eles podem voltar e...

Leia Mais

Indústrias investem em tecnologia melhorar eficácia de Testes de DNA “caseiros”

Os testes de DNA feitos em casa começam a ganhar força à medida que as pessoas envelhecem e procuram saber se são suscetíveis a ter determinadas doenças. Nos EUA, US$ 73 milhões foram gastos em exames genéticos no ano passado, segundo a Kalorama Information. No Japão, onde a população está envelhecendo rapidamente e um terço deverá ter 65 anos ou mais em 2035, o mercado é menor, mas já soma 6,6 bilhões de ienes (US$ 58 milhões) em vendas até 2022, contra 4,3 bilhões de ienes no ano passado, segundo o Fuji Chimera Research Institute. Por 5.000 ienes (R$ 170) a 30.000 ienes (R$ 1.000), os clientes podem enviar uma amostra bucal colhida com cotonete para descobrir propensões à intolerância ao álcool e alergias e riscos de diabetes e derrames. Startups japonesas Duas startups japonesas, Genesis Healthcare e Genequest, dominam o setor no país e apostam que os kits de testes, assim como os serviços online que usam dados...

Leia Mais

Tecnologia aprimora performance de atletas

Duas startups do Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto, instaladas no campus da Universidade de São Paulo (USP), utilizam técnicas de biotecnologia e de neurociências para criar ferramentas que aumentam a performance física e cognitiva dos jogadores de futebol. A DGLab faz o mapeamento genético do atleta, por meio de teste de DNA, que o ajuda a descobrir como aliar os melhores treinos e os melhores alimentos, de acordo com as respostas do seu organismo. “Os estudos mostram que a forma com que o atleta se alimenta, treina, e outros fatores ambientais, influenciam na performance; mas 50% a 66% do resultado está diretamente relacionado com a genética”, conta Rodrigo Caldeira Ramos, desenvolvedor de negócios da empresa. Para esse teste, a DGLab utiliza o DNAFit, que analisa amostra de saliva e gera relatório com informações específicas sobre o comportamento do corpo frente ao treinamento e aos nutrientes ingeridos. “O teste revela importantes informações como a resposta de treinamento de força, resistência, recuperação, lesões...

Leia Mais