Agência de notícias do país envia robô repórter para coletiva de imprensa com advogados

A tecnologia, cada vez mais, dá mostras de que é possível romper perspectivas que, décadas atrás, pareciam impossíveis. E, como de praxe, a surpresa geralmente parte do oriente. Dessa vez na China.

Sim, pode parecer obra de ficção científica, mas uma agência de notícias do país, a China Xinhua News, enviou um robô repórter para uma coletiva de imprensa com advogados.

De nome ‘Inspire’, o robô chegou à sessão anual de encontro de parlamentares, no Congresso Nacional, e realizou perguntas aos presentes.  Foi a primeira vez que a iniciativa foi colocada à prova, com o intuito, segundo os criadores , de exibir as possibilidades de como a novidade pode ser utilizada como “um suplemento inteligente para milhares de jornalistas”.

Essa não foi a primeira vez que o um robô realiza funções intelectuais. Em 2016, um deles escreveu uma obra de ficção e em janeiro deste ano, um autômato publicou sua primeira reportagem no Southern Metropolis Daily, na China. O rôbo levou apenas um segundo para escrever 300 caracteres sobre o festival de primavera local.

Além desses essas experiências, desde 2014, a Associated Press usa máquinas para fazer a cobertura de partidas de times pequenos de baseball.

Veja o vídeo no link: www.youtube.com/watch?v=l93pe9MEn6w