Mesmo com faturamento bilionário do e-commerce no Brasil – cerca de R$ 70 bilhões em 2018, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), agilidade e preço baixo na hora de realizar uma entrega não são os pontos fortes do setor. A Consultoria Compre&Confie aponta que o prazo médio prometido pelas lojas online para entrega no país passou de oito dias, no primeiro semestre de 2017, para 13 no mesmo período deste ano, e o valor médio do frete subiu de R$14 para R$19,50.

Rede colaborativa

Entretanto, alguns de modelos de negócios já aparecem no mercado para solucionar esses problemas do e-commerce. A Uellostartup que usa uma rede colaborativa para reduzir custos logísticos e agilizar entregas – criou uma plataforma que oferece serviço de frete urbano mais rápido e econômico para pequenas e médias entregas. A empresa trabalha em parceria com pequenos armazéns espalhados por toda Grande SP, que possibilita diminuição de custos logísticos em até 30% – valor que varia em relação às demandas e tamanho de cada empresa que solicita o serviço.

“Uma de nossas propostas é atuar no e-commerce, onde há poucas soluções logísticas para entregas menores. Com modelo de logística mais descentralizado, os produtos saem de lojas próximas do endereço do consumidor final e não de centros distantes das cidades e isto barateia o custo logístico, facilita o atendimento e diminui o tempo de entrega do produto”, destaca Fernando Sartori, especialista em logística e fundador da Uello.

Além dos pequenos e médios e-commerces e lojas físicas, as grandes empresas também viram na Uello uma forma de customizar e otimizar suas entregas, melhorando a experiência do cliente final. Entre os principais parceiros da empresa estão: Dafiti, Arezzo, MMartan, Canon, Victorinox, B.blend, Enjoei, Mary Kay, entre outros. “Oferecemos um serviço diferenciado – e personalizado – para qualquer tipo de empresa, permitindo resolver alguns dos desafios atuais do mercado”, reforça Fernando.

 Quem entrega?

Assim como os pontos de coleta espalhados pela cidade, a rede colaborativa criada pela Uello também possibilita mais agilidade e menores custos logísticos. A ferramenta funciona por meio de uma plataforma virtual que permite a integração entre os mais de mil motoristas cadastrados que fazem os envios e os armazéns parceiros que estocam os produtos. A empresa registra mais de 3 mil entregas por dia.

 Para fazer parte da rede colaborativa, o interessado se cadastra no aplicativo da startup e após ser aprovado consegue ter acesso às rotas inteligentes criadas pela Uello. Ele pode escolher quantas entregas quer fazer no dia e qual o melhor horário, por exemplo, seguindo a rota proposta pelo app. Para ter acesso aos produtos, basta realizar a retirada em um dos armazéns parceiros espalhados pela cidade. Todo o processo pode ser administrado pelo motorista em tempo real no aplicativo- com supervisão e segurança da Uello.

Para Fernando, estes serviços de parceria com pontos de coleta pela cidade e a rede colaborativa possibilitam que produtos cheguem no endereço do consumidor final em até 24h, algo que é incomum no Brasil. Apenas 5% dos pedidos online foram entregues neste prazo em 2018, segundo a eBit/Nielsen.