Essa foi uma das premissas do evento Backstage do Varejo, realizado hoje (19.06), que reuniu importantes nomes da área em um encontro de interação

“Estamos no meio de um processo de aculturamento digital”, disse a palestrante Milena Carrera, coordenadora da CRM da Arezzo&Co, no evento ‘Inteligência Artificial – Cases e Startups’, que reuniu, hoje (19.06), experts do varejo e de tecnologia na Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP. Promovido pela Abiesv – Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo, o encontro apresentou cases, resultados mensuráveis e expectativas da aplicação da IA no dia a dia. Esta foi a 26ª edição do Backstage do Varejo, consolidado como um importante encontro de interação e discussões na área do varejo, cujo objetivo é a troca de experiências.

“Com a Inteligência Artificial dando suporte, a sofisticação do trabalho é bem maior, ainda mais quando a empresa tem uma base grande de clientes”, disse Milena Carrera, que contou sobre a campanha que a Arezzo&Co realizou no Dia das Mães, em parceria com a startup Ouvi, empresa brasileira-norueguesa de marketing e entretenimento mobile retail. “As startups dão um apoio fundamental ao trabalho, ajudam a dar mais velocidade e flexibilidade”, segundo Milena. Para a Campanha do Dia das Mães, segundo a coordenadora, se conseguiu mudar a plataforma de atendimento, descobrir sobre os estilos das mães das clientes e personalizar mais os atendimentos. Ao final, fotos de mãe e filhas estavam nas vitrines das lojas e anexadas nas embalagens dos presentes. “Com esta campanha conseguimos, em termos de conversão de crescimento, mais de dois dígitos, se comparado a uma campanha tradicional. E será possível usarmos os dados conquistados em próximas campanhas e interagir mais com as clientes”, conclui Milena.

“A tecnologia não substituirá totalmente o atendimento pessoal. O atendimento humano continua sendo requisitado pelos clientes”, afirma Charles Schweitzer, gerente de inovação da Leroy Merlin Brasil, que no evento falou sobre ‘O que é inovação e como fazer para implantar a cultura da inovação nas empresas’. Com quase toda uma carreira construída em Marketing e Inteligência de Mercado, Schweitzer estruturou o Framework de Inovação da Leroy Merlin, que hoje figura no Ranking da ATKearney, como 17ª empresa mais inovadora do Brasil. Atualmente, a empresa usa a chatbot para otimizar o atendimento. A assistente virtual LIA (sigla para Leroy Inteligência Artificial) tira dúvidas sobre endereços de lojas, sistema de troca, serviços e horários de funcionamento. Segundo Scweitzer, a Lia faz 500 atendimentos/dia, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas. E a intenção é aumentar o leque de itens respondidos pela chatbot para que também possa falar sobre produtos das lojas, por exemplo. Para o executivo, a ideia é que a IA permeia todos os canais da empresa para atender a todas as expectativas do cliente. A Leroy Merlin trabalha com 51 startups e todos os seus 8 mil colaboradores participam do planejamento estratégico. “A empresa está aberta para ideias, a partir de 100 likes conquistados, o projeto já entra na relação para avaliação interna e s e l e ç ã o para uma futura implantação”. Schweitzer falou sobre o trabalho das startups: ‘há uma dificuldade em se encontrar startups de verdade, existe muita espuma neste mercado. E costumamos dizer que a cada três mil ideias, apenas uma irá prosperar”.

Outra palestrante, Alessandra Andrade, coordenadora do Centro de Empreendedorismo da FAAP, vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo – ACSP (biênio 2017-2019) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo – Facesp, iniciou a sua palestra “Mind Set Empreendedor”, dizendo que o mundo está mudando mais rápido do que em qualquer outro momento da humanidade e deu sugestões de como as empresas podem se desenvolver neste ambiente atual, volátil, incerto, complexo e ambíguo. “Hoje é muito mais importante ter velocidade de decisão e reação, do que ter um excelente planejamento, porque os cenários mudam muito rápido e de formas inesperadas”, diz Alessandra. A coordenadora também falou sobre o papel das startups, que mostram novos conceitos e caminhos.

Participou, também, do encontro Manuel Guimarães, que trabalhou toda a sua vida com inteligência de máquina aplicada e processos de negócios, fundador da Propz Mídia (www.propz.com.br), empresa de tecnologia que aplica IA para alavancar vendas no varejo físico e trabalha com as grandes empresas do setor para incorporar inteligência analítica automatizada a seus processos de negócio. No evento, Guimarães falou sobre o programa de relacionamento, objetivo, prático e que gera resultados utilizando IA.

Outro integrante, Guilherme Masseroni, CEO e fundador da James Tip, empresa que utiliza a Inteligência Artificial para dimensionar os estoques dos varejistas e evitar rupturas e excessos. Masseroni falou sobre ‘Como a Inteligência Artificial pode ser aplicada no dia a dia com resultados mensuráveis’. O executivo julga que o maior problema do varejo está no estoque e “hoje o cliente do James Tip alcança mais de 30% na redução de seus estoques e algo superior a 10% em rupturas”.

Também como parte do evento, Janaina Camargo, cofundadora da COO da Ouvi, cujo objetivo é permitir que as empresas de mídia executem suas estratégias móveis para aumentar suas vendas, monetizar seu conteúdo e aprimorar o relacionamento com os clientes. No evento, Janaina falou sobre ‘Mobile vouchers para novos canais’. Contou como o varejista está usando os mobile vouchers para aumentar o fluxo nas lojas e rastrear a jornada do cliente e como os mobile vouchers ajudam novos canais a manter audiência e usuários ativos. “Nós somos focados no varejo de cupons e vouchers, no comportamento da venda, antes da venda. E se levando em consideração que 15% da população mundial usará voucher no ano que vem, este é um mercado bem promissor”, conclui.

Também participou do evento, como mediador de um dos debates, Helio Biagi, sócio-diretor da BTR Educação e Consultoria, e presidente do conselho da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo – SBVC. Biagi também é o fundador da OasisLab (oasislab.com.br), espaço de inovação especializado em varejo. No encontro, Biagi lançou temas para discussão na mesa-redonda. Segundo o empreendedor, as startups dão mais flexibilidade, qualidade e barateiam os trabalhos a serem desenvolvidos pelas empresas.

O mestre de cerimônias do evento foi Igor Paparoto, CEO da PM Varejo, que falou sobre a Abiesv, seus objetivos e o quanto oferece aos varejistas oportunidades de negócios. E sobre o Backstage do Varejo, que sempre traz temas que estão causando impacto no mundo dos varejistas.

No meio do evento, Paparoto deu dois minutos para que a platéia trocasse cartões.

Sobre o Backtage do Varejo – Evento trimestral, criado em 2012, já reuniu mais de 2000 pessoas, de média à alta gerência, especialistas e profissionais autônomos. Discute temas que compõem o dia a dia do setor, como: gestão de pessoas, tecnologia, expansão e roll out no Varejo; Gestão de Ativos do Varejo; Sustentabilidade; entre outros. Atualmente, tem o patrocínio das empresas Kemp, Lemca Iluminação e Omega Light. E o apoio da Associação Brasileira de Franchising -ABF, Associação Brasileira de Shopping Centers- Abrasce, Associação Comercial de Campinas- ACIC, Espaço APAS, e da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo-SBVC.

Abiesv – Tem como um de seus objetivos fortalecer e articular ainda mais a cadeia de fornecimento do varejo e propiciar novas oportunidades de negócios também no exterior. Desde a fundação, há 16 anos, tem muito fortemente a área de planejamento estratégico para o PDV, soluções de consultoria e a viabilização do conceito e a construção. Cada vez mais o aparelhamento, o conhecimento, a qualificação dos associados é uma das metas. A Abiesv é uma provedora de soluções em PDV. Além de realizar a Backstage do Varejo, participa das mais conceituadas feiras do setor, com o objetivo de oferecer aos visitantes “ilhas de conhecimento”, com modelos aplicados das melhores práticas de mercado em um ponto de venda – enfim, aproximar as necessidades dos varejistas às soluções dos associados. Entre as feiras com participação da Abiesv estão: Euroshop, Latam Retail Show, Febravar, Couromoda, Greenbuilding Brasil, High Design e BR Week.

Fonte: SEGS