chip-biosensorAs inovações tecnológicas chegam a nós para facilitar atividades e ações de nosso dia a dia. Já imaginou poder checar informações sobre sua saúde sem precisar ir ao médico ou realizar exames? Essa ideia foi trabalhada e desenvolvida por pesquisadores da Escola Politécnica Federal de Lausana até chegar ao resultado final: um chip.

O chip biosensor é composto por diferentes sensores, uma unidade de análise de dados, além de um transmissor Bluetooth para enviar as informações ao smartphone do usuário e pode ser implantado debaixo da pele para monitorar dados da saúde do usuário, como a temperatura, taxa de glicose, colesterol e a presença de alguns medicamentos. Além disso, a precisão nos resultados captados a partir do chip é muito maior do que a de um exame de sangue, por exemplo, em que os dados são medidos pontualmente.

A tecnologia já foi testada em ratos e espera-se que seja testada em humanos em até cinco anos. Já imaginou?