chuopetaO Grand Prix Senai de Inovação premiou com R$ 300 mil e um workshop na Inovate UK no Reino Unido a equipe que elaborou o Termo Pipo. O projeto é uma chupeta que mede a temperatura da criança e envia informações ao celular dos pais.  O sistema desenvolvido também monitora os sinais vitais e o fluxo de saliva do bebê, o que pode ajudar a identificar possíveis enfermidades.

“Fizemos um protótipo capaz de transmitir os dados coletados por 4G e pudemos acompanhar a evolução do quadro de saúde de uma criança à distância. Os testes Funcionaram muito bem”, contou Nataly Moraes aluna do SENAI.

O Termo Pipo foi escolhido como o mais viável projeto de inovação, além da premiação por equipe, melhor aceitação popular, melhor ideia e de melhor aderência de mercado.

“A ideia foi tentar minimizar o presenteísmo nas empresas. Com os filhos doentes, os pais ficam na empresa, mas perdem a produtividade. Com as informações no celular, será possível deixá-los mais relaxados”, explica o analista de inovação do SESI, Eduardo Tonolli.

O GP foi realizado durante a Open Innovation Week, maior evento internacional na área de inovação. Seis equipes multidisciplinares trabalharam em desafios da indústria durante 72 horas consecutivas, desenvolvendo 286 ideias, entre protótipos e projetos de inovação. Os resultados são exibidos no local para investidores, empresas e instituições parceiras.

O banco de dados com as ideias pode ser acessado na página do GP SENAI.