Espanhóis criam canudos comestíveis para combater poluição do plásticoO produto não muda o sabor da bebida e tem apenas 24 calorias

Uma campanha que tem tomado as redes sociais em prol da preservação do meio ambiente combate o uso de canudos plásticos. A iniciativa se baseia em levantamento que aponta como de apenas quatro minutos a  vida útil de um canudo. Mas o tempo que ele leva para se decompor chega a aproximadamente 400 anos.

Além disso, por serem pequenos e leves, os canudinhos costumam ser descartados de maneira incorreta, ao invés de serem reciclados. Na lista dos dez resíduos mais encontrados em praias e oceanos pelo mundo, publicada pelo Ocean Conservancy,  eles aparecem em nono lugar. Muitas vezes, acabam no mar e são engolidos por animais, que morrem sufocados.

Apenas no Reino Unido são usados 100 milhões de canudos plásticos por dia. Nos Estados Unidos, esse número sobe para 500 milhões. Uma tentativa de mudar essa realidade teve início com um grupo de empreendedores espanhóis. Víctor Sánchez, Enric Juviña, Michael Baraffé e Carlos Zorzano investiram em pesquisas e experimentos chegaram a uma solução possível: um canudo comestível.

O produto, que recebeu o nome Sorbos, resiste perfeitamente em contato com líquidos gelados ou em temperatura ambiente por até 25 minutos, sem derreter ou alterar o sabor da bebida. Após o uso, o cliente pode degustar o canudo feito de açúcar, gelatina e amido. São apenas 24 calorias e é possível escolher entre os sabores limão, lima, canela, maçã verde, morango, gengibre ou chocolate. Mesmo que seja descartado, essa nova opção continua sendo melhor para o meio ambiente, já que o material, além de reciclável, também é biodegradável.

Além da Espanha, a Sorbos já recebe pedidos da Alemanha, França, Itália e está chegando a Portugal. Por enquanto o preço é mais caro do que os canudos convencionais de plástico, mas com o aumento da produção, a previsão é que o custo diminua e se torne até mais barato. No site da marca também é possível personalizar os canudos com palavras ou nomes, uma ideia que pode ser adotada em restaurantes, empresas ou em decoração de festas.