Screen-Shot-2015-07-24-at-2.50.41-PMFoi a partir de uma necessidade pessoal que a estudante Jéssica Behrens teve a ideia de desenvolver um projeto que facilitasse o “desapego” de seus pertences. Ao iniciar uma prática de desapegar de um pertence por dia, Jéssica percebeu a dificuldade em encontrar pessoas de forma rápida para ficar com esses produtos.

Com essa necessidade nas mãos, Jéssica buscou apoio para desenvolver o aplicativo Tradr, partindo de uma ideia semelhante ao Tinder, aplicativo de paquera online. Com o Tradr, os usuários podem disponibilizar fotos de produtos que desejam vender. A ideia estimula a economia colaborativa e abre oportunidade para produtores de artesanato, por exemplo, que muitas vezes não tem verba para investir em marketing digital.

Após passar por um processo seletivo, a ideia recebeu apoio do Laboratório de Inovação da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, além do patrocínio de um pequeno investidor. A versão beta do aplicativo já está disponível para IOS e conta com 2,2 mil usuários.

Fonte: EXAME