O sistema faz o uso de radares que funcionam em volta do automóvel

A Mercedes Benz inovou e pretender colocar em circulação, a partir do primeiro semestre de 2018, ônibus equipados com freios de alta tecnologia, chamados Assistência de Frenagem Ativa 4 (ABA 4). Ou seja, o sistema de frenagem ocorre de forma automática.
Os coletivos contam com sistema de radar, espalhados ao redor do veículo e que detectam o pedestre com até 80 metros de distância. O sistema de localização à distância funciona em duas etapas: na primeira, alerta os motoristas com indicadores visuais e sonoros, para que o condutor consiga desviar ou buzinar se caso seja possível, seguido da ação autônoma.
Com isso, a Mercedes se torna uma das primeiras empresas automobilísticas a utilizar a função, que contribui com a segurança de pedestres, passageiros e ciclistas, evitando imprevistos desagradáveis. Porém, o sistema ainda não tem previsão de chegada no Brasil.