Terceira edição do #EuPossoProgramar visa introduzir crianças e jovens no mundo da programação

A Microsoft lançou a terceira edição da campanha #EuPossoProgramar, que proporciona a crianças e jovens brasileiros a oportunidade de desenvolverem habilidades e dar os primeiros passos na programação de softwares. O programa faz parte da transformação digital que a Microsoft incentiva no Brasil e no mundo, em que a Ciência da Computação é colocada como a base essencial para a geração de conhecimentos e competências digitais nos jovens. A iniciativa será apresentada no dia 3 de outubro, durante a abertura do Congresso Mundial de Tecnologia da Informação, na cidade de Brasília. É a primeira vez que uma cidade sul-americana sedia o evento que reúne empreendedores e empresas do mundo todo.

Segundo pesquisa realizada pela Organização Internacional do Trabalho (OTI), o índice de desemprego juvenil na América Latina é três vezes maior do que a de adultos. Foi analisando esse cenário, no qual a necessidade de capacitação de jovens é cada vez maior, que a Microsoft criou o programa que permitiu que, nos últimos dois anos, três milhões de jovens iniciassem seu aprendizado em programação na América Latina, através de uma série de cursos online disponibilizados pela companhia. “Acreditamos que, com iniciativas como esta, levaremos a Ciência da Computação a um número cada vez maior de jovens, que terão acesso a esta poderosa ferramenta para desenvolver habilidades de pensamento crítico e resolução de problemas”, afirmou Rodolfo Fücher da fabricante do Windows.

O #EuPossoProgramar, criado em 2014, é uma iniciativa da Fundação Lemann e da Fundação Telefônica Vivo, em parceria com o Programaê, que visa fomentar o interesse de jovens de todo o Brasil pela programação, além de mostrar que todos podem construir e se expressar através da tecnologia.

Fonte: Computer World