Empresa iniciou em 2015 com treze funcionários e hoje conta com 78 colaboradores

 

Com a constante mudança do mercado as empresas precisam, cada vez mais, estar dispostas a se reinventarem e a utilizarem novas ferramentas disponíveis para sobrevivência. Foi pensando nos donos dos estabelecimentos e, também, nos consumidores, que a empresa de Curitiba (PR) criou o – já conhecido como “Uber da Beleza” – Beauty Date, que promete ser uma ferramenta interessante para os empresários de salões de beleza e, também, facilitar a vida de seus clientes por meio do agendamento online dos serviços.

O aplicativo possibilita o acesso pelo celular e identifica os salões com disponibilidade de horário na região onde o usuário estiver, sem perda de tempo. O usuário também pode utilizar o Beauty Date para agendar um horário em salões renomados da cidade. Hoje em dia, são cerca de 150 mil usuários utilizando o serviço e mais de 1.300 salões cadastrados.

A ideia surgiu após Alexandre Kleis, fundador do Beauty Date, precisar ir a Londrina para uma formatura e, ao chegar na cidade, não encontrar nenhum estabelecimento onde pudesse cortar seu cabelo, por um preço justo, horas antes da festa.  No dia seguinte, Kleis ligou para Giovanni Bonneti, atual sócio do empreendimento, e contou sobre sua ideia que facilitaria a vida de consumidores como ele.

O Beauty Date, apesar de não ter sido o primeiro aplicativo a usar esse modelo no mercado da beleza, tem chamado bastante atenção dos usuários e dos empresários.  A startup recebeu um aporte invejável de 28 milhões de reais no fim do ano passado, e estima captar mais de 20 milhões de dólares nesta rodada de investimentos em que se encontra. Além de oferecer o serviço de agendamento, o aplicativo oferece um sistema de gestão de negócios para os estabelecimentos. “A diferença é que somos integrados com o sistema de gestão. Fazemos relatórios com informações sobre estoque, preços, controle de serviços, rateio de comissão e faturamento do estabelecimento”, explica Kleins.

Fonte: Exame.com