Três aplicativos gratuitos que podem te ajudar a economizar com atitudes simples do dia a dia

 Shutterstock

Shutterstock

Não a quem duvide sobre a importância da tecnologia nas nossas vidas, de como pequenas inovações que surgem todos os dias, podem não só facilitar nossas atividades diárias como também auxiliar as pessoas a economizar o próprio dinheiro. Já imaginou receber pontos por cada exercício físico realizado e trocar esses pontos por passagens aéreas ou utensílios domésticos? Isso e muito mais é possível através de aplicativos gratuitos disponíveis para smartphones.

O aplicativo brasileiro Mova Mais, destaque no mês de maio pelo portal da revista Exame, incentiva as pessoas a praticarem mais exercícios físicos através do acúmulo de pontos de acordo com prática esportiva de cada um, quanto mais caminhadas, corridas ou pedaladas o usuário realizar, mais pontos ele acumula. Os dados para essa pontuação são recolhidos de outros apps de atividade físicas, como o Strava ou Map My Run. A pontuação do aplicativo é revertida em pontos Multiplus, e pode ser trocado por passagens aéreas, ingressos para cinema, hospedagem, e até mesmo por utensílios domésticos e eletroeletrônicos.

O Tripadvisor também disponibiliza de um mecanismo semelhante de troca por pontos Multiplus, mas ao invés de quilômetros percorridos, você acumula pontos avaliando hotéis, restaurantes, pontos turísticos ou publicando fotos desses locais. Podendo acumular até 2.250 pontos durante o mês, ou seja, quanto mais lugares o usuário visita e colabora com fotos e avaliações, mais pontos ele ganha.

E quem nunca esteve na rua, precisou ver um vídeo na internet ou até mesmo coisas simples como responder um e-mail importante do trabalho, mas tudo isso sem gastar o pacote de dados do celular? Agora isso é possível com o Instabridge, aplicativo que possui um acervo de redes Wi-Fi gratuitas de cidades brasileiras. No qual o usuário é conectado automaticamente a redes abertas ou a aquelas redes que já tiveram suas senhas compartilhadas no aplicativo. Porém vale lembrar que, o uso de redes abertas ou desconhecidas não é seguro, como por exemplo, para uso de aplicativos bancários.

Fonte: EXAME.com