O evento tecnológico aterrissa no país com temas atuais e convidados ilustres

Campuseiros, sejam bem-vindos! O convite está feito e é assim que os criadores da Campus Party se dirigem a todo participante da maior feira tecnológica do mundo, que une geeks de todas as idades e qualquer um que seja aficionado por tecnologia e ciência.
A 11ª edição da Campus Party Brasil está oficialmente aberta e, para aproveitar o evento, convidados, imprensa e quem for acampar no local já são aguardados no pavilhão de exposição do Anhembi, zona norte de São Paulo.
Durante os seis dias de evento, os fãs de inovação podem se encantar com todas as novidades reveladas na cerimônia de abertura. A principal delas é a participação de Steve Wozniak, co-fundador da Apple.
Tão grande quanto à versão do ano passado, a área para acampamento pode abrigar os 12 mil campuseiros convivendo ao longo dos dias. Há também a Arena, onde estão montados os palcos, estandes e mais mesas com os cabos Ethernet, além de muitas tomadas, para os visitantes jamais ficarem off-line.
A internet ultrarrápida da Campus Party também chama a atenção: a conexão a cabo é de 40 Gbps, capaz de conectar uma cidade inteira como Belo Horizonte (BH) ou Porto Alegre (RS), fornecida pela operadora Use Telecom, em parceria com a Telebras.
Quem é fã de drones e simuladores de realidade virtual ainda poderá experimentar os equipamentos com a mais alta tecnologia e acompanhar corridas e batalhas com os veículos.
Áreas para hackatons, que reúne programadores para uma maratona no desenvolvimento de softwares; um espaço de fintechs, espécie de startup para o setor financeiro e outras microempresas inovadoras, além de uma arena de games, estão entre as novidades para 2018.
A Campus Party ocorre de 31 de janeiro até 4 de fevereiro. São esperadas cerca de 120 mil pessoas durante a feira.