3_6-startup-1Segundo levantamento da ABStartups (Associação Brasileira de Startups), entidade sem fins lucrativos que promove o ecossistema brasileiro de startups desde 2011, o número de startups no Brasil segue em crescimento, apesar da crise. Ao final de dezembro de 2015, o número de empresas em estágio inicial chegava a 4.151, representando um crescimento de 18,5% em seis meses.

O banco de dados da associação aponta também que a maioria dos empreendimentos estão centrados em São Paulo. O número de startups paulistas cadastradas passou de 1,2 mil. Segundo a própria entidade, São Paulo reúne fatores importantes para o desenvolvimento de empresas pequenas, como alcance de mercado, concentração de capital e investidores. O estado de Minas Gerais é o segundo da lista.

Os mercados mais explorados são os de aplicativos, educação, mídia, comércio eletrônico e entretenimento. A maioria dos negócios investem em serviços B2B, ou seja, oferecem produtos e serviços a outras empresas.

Fonte: Revista PEGN