opennotes-760x416Pacientes com alguma doença grave geralmente dependem de um médico para diagnosticar os sintomas, acompanhar a evolução da doença e fazer os registros das informações. No entanto, em alguns casos, apenas os pacientes podem realmente dizer o que estão sentindo e, eventualmente, comprovar os efeitos de um medicamento.

Uma startup israelense criou o OurNotes, uma plataforma que permite que pacientes contribuam com os seus históricos médicos. De acordo com os responsáveis pelo projeto, com a contribuição dos pacientes em seus históricos, os indivíduos passariam a entender melhor os seus problemas e lembrariam melhor de seus planos de tratamento, o que resultaria em um maior controle sobre as suas próprias saúdes.

Fonte: CatracaLivre