A Greenplac, uma das mais modernas fábricas de MDF do Brasil, está fazendo história em seu primeiro ano de funcionamento. A empresa, subsidiária do Grupo Asperbras, teve um investimento de mais de R$ 600 milhões para a implementação da fábrica e mais R$ 75 milhões para o plantio de florestas de eucaliptos – principal matéria-prima para produção de MDF. O investimento em tecnologia de ponta deu à Greenplac destaque no mercado nacional. Atualmente, a empresa é um dos players mais importantes do segmento. “Com um ano de existência, GreenPlac já está no time dos grandes produtores de MDF do Brasil”, diz José Maurício Caldeira, membro do Conselho da Asperbras.

Para Caldeira, a Greenplac só tem motivos para comemorar. Nos 12 primeiros meses de atividades, a fábrica bateu recordes de produção e atingiu a meta de 250 mil metros cúbicos de MDF por ano. Diariamente, são produzidos mil metros cúbicos do material – quatro vezes mais do que no início da operação, em 2018.

“Eu avalio o primeiro ano de uma forma muito satisfatória”, assegura José Maurício Caldeira. “A base da nossa estratégia comercial e os resultados que estamos medindo com isso estão sendo atingidos exatamente dentro do que estávamos planejando”, conclui.

Tecnologia e investimento

Para produzir placas de alta qualidade, a Greenplac importou todo seu maquinário da empresa alemã Siempelkamp. O processo de produção é complexo e combina várias tecnologias, por isso a subsidiária do Grupo Asperbras optou pelos melhores e mais modernos equipamentos disponíveis no mercado mundial.

A empresa pretende ampliar o processo de produção. A companhia deve instalar uma nova linha, que agregará entre 600 mil e 700 mil metros cúbicos do produto. Segundo José Maurício Caldeira, a nova área será incorporada à fábrica sem necessidade de obras de ampliação, pois a construção da unidade já previa a introdução de novas linhas de produção.

Greenplac – Foto: Divulação

Outra novidade é fábrica de resina, uma das principais matérias primas do MDF. A unidade está integrada a indústria de MDF. O início de sua operação está previsto para janeiro de 2020. Vale ressaltar que, simultaneamente ao início das atividades da fábrica, a Asperbras instalou uma usina termelétrica de biomassa em Guarapuava, Paraná. A unidade funciona a partir da queima de rejeitos da indústria madeireira da região. A energia limpa obtida nesse processo equivale ao que é utilizado na produção de MDF. A venda da eletricidade, no Paraná, permite à empresa contratar, no Mato Grosso do Sul, energia suficiente para o funcionamento da indústria.

Greenplac - Divulgação

Reconhecimento

Todo investimento da Greenplac para produzir e oferecer ao mercado placas de alta qualidade vem rendendo à empresa ótimos resultados. Em apenas um ano, a companhia já expôs seu portfólio em grandes eventos nacionais, dentre eles, a ForMóbile, a FIMMA, a Movelpar e a CASACORSP. Sua última participação foi na mostra Modernos Eternos, realizada no Mosteiro de São Bento, em São Paulo.